sábado, 27 de maio de 2017

NENÚFARES

Hoje havia Nenúfares para todos os gostos.

Nenúfares

Nenúfares

Nenúfares

No canto mais Silencioso do Parque das Nações, onde no ano passado conheci a Mamã Pata ...
http://espaco-tempo-silencio.blogspot.pt/2016/07/mama-pata_27.html

Hoje o canto fez-me uma surpresa: imensos e coloridos Nenúfares.

Neste pequeno canto, pouco conhecido, até os patos descansam calmamente.


As coordenadas para o canto mais Silencioso são um enigma fácil de decifrar, basta caminhar até à zona mais a Sul do Parque das Nações e procurar o edifício da Tekever.

domingo, 21 de maio de 2017

ALENTEJO: PASSEIO

Um passeio pelo Alentejo na altura da Primavera, quando fica florido em grandes pradarias coloridas, e temos a impressão de que o Tempo é pouco para contemplar tão grande imensidão.

Um passeio que tem o seu Tempo específico, um pequeno período na altura da Primavera. Logo, logo, vêm os calores que secam tudo, e os ventos que levam no ar as pétalas maiores e mais finas.

Um período de rara beleza que tem de ser vivido no momento com intensidade ... com uma intensidade tal que dure de recordação até ao próximo ano.

Alentejo - Flores Silvestres - Campo






Alentejo - Flores Silvestres - Campo

Alentejo - Flores Silvestres - Campo


sexta-feira, 19 de maio de 2017

COMEÇAR DE NOVO


Regresso hoje do "campo de refugiados". Regresso ao meu Espaço.

- No 1º dia recebemos ordens para colocar uma etiqueta nos PCs encriptados com o virus WannaCrypt a indicar INFETADO, que eles iam passar com um carrinho a recolhe-los. Pensei em puxar do baton, como fez a enfermeira do filme O ataque a Pearl Harbor, para escrever a palavra INFETADO.

- No 2º dia passaram com um carrinho a recolher os PC que estavam na lista de "Schindler". Nome? Consta da lista, pode colocar no carrinho. Nome? Esse não consta, passamos no próximo dia.

Regresso hoje ao meu Espaço para começar de novo.
Começar com um PC vazio ... vazio de informação recolhida ao longo de uma vida de trabalho, de resumos, de relatórios, de notas, de passwords perdidas, de mails perdidos, ..., tudo perdido.

Muitos regressam como eu, que perderam tudo, ou quase tudo. Mas o cúmulo dos cúmulos é que até quem fazia backups diários também perdeu tudo, porque ao ser tão cuidadoso com os backups, deixou o disco externo ligado ao PC na hora de almoço e quando chegou estava PC e disco, tudo encriptado.

Regresso hoje para o meu desafio de começar de novo.
E começar de novo depois de alguns começares de novo é um desafio que se faz com calma e confiança de quem sabe que começar de novo é uma excelente maneira de corrigir erros, que a inércia da posição de conforto não o permite.

domingo, 14 de maio de 2017

WNCRY

Era uma vez uma jovem, muito jovem, recém licenciada, que começa a trabalhar numa prestigiada empresa, numa área técnica onde os backups são o ponto 1 de cada procedimento de Upgrade ou de qualquer outra intervenção prática.
Lá está ela feliz da vida, com o seu sorriso jovem e uma mente aventureira.

E porque a engenharia do papel já era, e estamos no mundo virtual, em que os documentos não são impressos mas lidos no computador, as fotos são digitais e guardadas no PC, as passwords são arquivadas num file .txt ou guardadas nos browsers, a password do portal das finanças está no PC em vésperas da entrega do IRS, os documentos importantes e pessoais estão bem guardados no PC, ...

Quase que me atrevo a dizer que o código de acesso ao prédio está guardado no PC, mas o que vale é que é preciso entrar em casa todos os dias e a força do hábito faz o código ser memorizado e consegue-se entrar em casa no dia em que o PC ficou totalmente encriptado com o vírus que transformou todos os ficheiros em .WNCRY

Mas a nossa amiga jovem por ser tão novata e com ar de inexperiente parece que vivia num mundo ideal, será que ela ainda acredita no Pai Natal ???? :) :)

sexta-feira, 12 de maio de 2017

ALENTEJO INÉDITO

Vou dar um passeio num local habitual.
Imagino o caminho e a paisagem:
- os arbustos
- as árvores
- o céu azul por entre as ramagens
- o falcão a sobrevoar a zona
- os coelhos a fugirem entre os arbustos
- os peixes a surpeenderem o Silêncio com os seus inesperados saltos fora de água
- as aves assustadas a voarem
- o som dos pássaros sem medo
- as águas calmas da albufeira

O cenário é bonito e consigo imaginá-lo antes de partir.
Mas naquele dia, para além do habitual surge algo inédito:

Opssssss ..... Burros na praia???


Depois de sair do emaranhado de arbustos com a paisagem encoberta pela quantidade de árvores e alguns arranhões de abrir caminho, eis que surge água e algo inédito:

Opssssss ..... Burros com vista???

E quando me aproximo para contemplar o mesmo que os burros..... 
não é que os burros são egoistas!!! e esta????

Vêm atrás de mim e expulsam-me da paisagem!!!


Afinal há burros espertos!!! lol lol lol lol e com boa visão ;)

quinta-feira, 11 de maio de 2017

sábado, 6 de maio de 2017

O LILÁS DO ROSSIO

Hoje quando cheguei ao Rossio havia algo especial.

Por entre a multidão e as gentes que pousavam para fotos na praça, havia algo especial.
Algo que dava uma beleza especial à zona.

O Lilás evidenciava-se como algo que foge à rotina.

- O lilás dos Jacarandas em flor.
- O lilás do hotel Internacional.

Hotel Internacional - Rossio - Lisboa

Jacarandas no Rossio - Lisboa

quarta-feira, 3 de maio de 2017

ALENTEJO: ESPLANADA

A esplanada está vazia. De dentro vem um som calmo e bem escolhido para a altura do dia.
Sentado na esplanada observo as constelações no céu. Oiço o restolhar dos animais. Vejo o escuro da noite.

Todas as pessoas que chegam escolhem o calor de dentro.

Esta é uma esplanada no campo, entre árvores e arbustos, com vista para uma albufeira Alentejana.

Sem luzes ao redor  vejo o céu repleto de constelações. À minha frente e em grande destaque está a Ursa Maior, cujo prolongamento das estrelas de baixo (as Guardas) encontra a Estrela Polar, que indica o Norte, (boa!! ainda me lembro!! :) )


Uma simples esplanada com cadeiras de plástico e luzes apagadas, (hoje nem vela me deram).
Mas com uma vista infinita, uma vista de universo.

E quando contemplo este universo grandioso sinto como é pequeno o meu "universo"; como é desprezável qualquer pesar.

terça-feira, 2 de maio de 2017

CAMINHADA EM AGUIAR

Caminhada circular pelos arredores de Aguiar com distância de 10Km.


Caminhar pelas planícies Alentejanas é sempre agradável. Nos campos de Aguiar a paisagem apresenta algumas zonas de pedra aqui e acolá, que contrastam e embelezam a planície de flores silvestres e azinheiras.

As cegonhas voam com as suas grandes asas pretas e brancas, e o seu corpo esguio em voo, formando um contraste de cor e movimento no céu azul.
Normalmente a imagem que se tem de uma cegonha está associada a um ninho enorme no alto de um poste elétrico. Mas vê-las a voar, com o seu grande porte, é algo especial que não acontece no quotidiano de um citadino.
E ver cegonhas em bando, pousadas no chão, e a caminhar em grupo, ainda é menos normal para quem não conhece o seu viver, para quem só as visita em alguns fins-de-semana. Até o facto de as ver em grupo é estranho, afinal são animais sociais, ao contrário da imagem que é passada quando são vistas nos seus ninhos.

Caminhar por estes campos e saber apreciar a diferença é um privilégio.
A Primavera é também uma altura privilegiada no Alentejo, em que os campos se enchem de grandes manchas coloridas de flores silvestres. Em breve vêm os calores de Verão que dão lugar a um monocromo amarelado e seco.